Meta do Governo é elevar ainda mais os índices educacionais, diz Luciano Barbosa

Alavancar ainda mais os índices educacionais de Alagoas, aprimorando e aprofundando as ferramentas já existentes e fortalecendo a parceria com os municípios. Essa será a meta da nova gestão Renan Filho para a educação alagoana nos próximos quatro anos. Quem afirma é o vice-governador Luciano Barbosa, que, na terça-feira (1º), foi empossado como secretário de Estado da Educação, cargo que ocupou no primeiro mandato no período de 2015 a 2018 e onde registrou resultados expressivos, dentre eles, a melhoria de Alagoas no ranking do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Com o retorno ao comando da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Barbosa diz que o Estado vai aperfeiçoar ações que já vêm dando certo, a exemplo do Programa Escola 10 – que mobilizou Estado e municípios na busca por melhorias nos índices educacionais alagoanos. Dessa forma, pretende-se elevar os números do ensino fundamental e avançar também no ensino médio.

“Manteremos nosso foco em uma educação de qualidade na rede pública e, para isso, já temos alguns instrumentos que foram construídos ao longo desses quatro anos e que pretendemos aprimorar. Vamos trabalhar junto com os municípios e investir na escola, pois é lá que tudo acontece”, destacou Barbosa.

Falando em Escola 10, o vice-governador revela que o programa – agora lei – já atrai a atenção de outros estados da Federação. ” A secretária Laura Souza tem recebido muitas ligações de outros estados que desejam conhecer essa ação e adaptá-los para suas regiões”, conta.

Alfabetizar na idade certa

Voltando à função de secretária executiva da Educação, a professora Laura Souza fala que a busca pela alfabetização na idade certa – até os sete anos de idade – será o grande foco para a Educação alagoana esse ano.

“Ainda possuímos índices insatisfatórios na alfabetização de crianças e, para isso, trabalharemos junto às escolas estaduais e municipais. Dessa forma, conseguiremos resultados positivos, como o que conquistado no ensino médio. Alagoas é o terceiro estado em índice de conclusão do ensino médio”, avalia Laura.

A secretária executiva informa ainda que programas como o de robótica nas escolas será mantido. “Também pretendemos estimular ainda mais a prática científica”, adianta.

02/01/2019

(Visited 4 times, 1 visits today)